segunda-feira, 15 de março de 2010

Farinha 33

Não podia deixar de fazer este post. Quando era miúda lembro-me de comer esta farinha, a farinha Amparo....ou 33!! O que eu não sabia é que esta farinha ainda existia à venda!!!! Existe e mesmo ao pé do meu trabalho lá vi esta caixinha verde de cartão e, claro está, que para matar saudades, foi o jantar!!! Com 1 casquinha de limão e açúcar!!

E vocês lembram-se??

15 comentários:

anna disse...

Eu lembro e não gostava nem um pouquinho, ao contrário do meu irmão que se lambia com a dele e com a minha...
Mas a caixa é uma ternurinha!
Beijinhos.

xistosa - (josé torres) disse...

A Cláudia já não é do tempo da Farinha Amparo (Alimento raro, como dizia a publicidade).
Dava brindes para a miudagem exigí-la aos pais.
Exactamente como a actual publicidade.
Antigamente era na rádio.
Ainda me lembro da frase tipo "Saiu-te a carta na Farinha Amparo".
Depois apareceu a Farinha Predilecta, que era para a avó e para a neta e também para o atleta.
Depois a Farinha 33.
Todas quase iguais ...
Só muitos anos depois é que apareceu a Maizena.
Isto são as minhas recordações.
Uma boa semana.

Sónia Paula disse...

Eu não me lembro , mas por o que li devia ser mesmo muito boa...
http://as-receitas-da-sonia.blogspot.com/

Luísa Alexandra disse...

Comi tanta quando era pequena!!!!
E adorava!
Nunca a vi à venda por cá.

moranguita disse...

tambem ja vi aqui a venda:-)
mas nunca comi:-)

Patrícia (Côco e Baunilha) disse...

Eu era fã...já foi há tanto tempo...acho que vi à venda mas não me lembro onde.
Bjinhos

disse...

ahhhh eu lembro!!!!
mas nunca vi à venda!!!
viste bem a validade? LOLLOLLOL

d disse...

lembro-me de uma farinha mas não sei se era a 33...

era uma que se preparava da mesma forma mas era de ... chocolate!!!!

que saudades!!!

d

Agenda de Mulher disse...

Nunca ouvi falar desta farinha, tb nunca gostei muito de farinhas, apesar de na gravidez às vezes o meu jantar era nestum...
Bjs

kika disse...

Adoro e tenho em casa. Quando não há acrescento chocolate na maizena!!! Bjs

Dina disse...

que saudades....

Axel disse...

Olá a todos! Eu sou estudante de Administração de publicidade e marketing e neste momento vou realizar a revitalização de um produto.

O nosso grupo escolheu este, a farinha 33. Já a provei e gosto muito, mas a realidade é que esta não vende la grande coisa, em grande parte porque não se soube adequar ao mercado.

Queria saber, visto que são consumidores "antigos" deste produto seja por nostalgia ou saudade. Gostaria de saber na vossa opinião o que pode mudar aqui.

A embalagem? a forma de distribuição (só é vendida em lisboa) a confecção? A segmentação (utilizar-se diferentes tipos de farinha para cada tipo de clientes, crianças/jovens/adultos e idosos), etc..gostava de saber o que pensam disto.

Agradeço desde já as cooperação!

Cumprimentos, Axel Correia

Perpétua disse...

Olá,

Eu não me lembro de comer desta farinha provavelmente porque vivi em áfrica e lá não existia... não sei, mas gostava de a provar e, hoje de tarde, vieram à TVI, no programa "A tarde é sua", os criadores dessa farinha que ainda fabricam e vendem e disseram que há lojas por todo o país que a vende, deram este nº de telefone para as pessoas se informarem da loja mais perto da sua área de residência 21 886 55 97.
Tal como os pasteis de belém, tem o seu segredo de fabrico bem guardado nos funcionários muito antigos na casa!
Amanã vou telefonar para lá pois estou curiosa.

Loja na Net: http://loja.avidaportuguesa.com/pt/catalogo/vidaportuguesa/mercearia/farinha-33

No facebook: http://pt-pt.facebook.com/pages/Farinha-33/289543217794?filter=1

Beijocas 33

António disse...

Tive uma infância tão infeliz que nem me lembro dessas farinhas.
Não tenho saudades do passado.
Mas tenho esperança no presente e no futuro.

Com os meus cumprimentos

António Carvalho

VMoreira disse...

Uma senhora escreve no seu comentário, que viu farinha 33 e (ou) Amparo numa loja per to de si.
Será tão amável que me indique onde fica essa lojinha?
Muito obrigado
Pode enviar e-mail SFF para vitmanfmo@gmail.com
Victor Moreira